domingo, 13 de abril de 2008

Ciganos: Leitura e Tradição

Junto à modernidade e o alastramento das cidades, os ciganos foram deixando de serem nômades, como em toda sua história, tornando-se mais sedentários ou fixos em suas moradias. Assim, as profissões mais freqüentes são as do comércio e as ligadas às artes.
Porém, a mais conhecida é, sem dúvida, a leitura das mãos pelas mulheres ciganas (juntamente com a leitura das cartas). Elas não trabalham fora de casa, só vão as ruas para ler a sorte. Essa atividade rende dinheiro como qualquer outra realizada pelos homens ciganos, porém ela não é considerada uma atividade profissional, e sim um ato de devoção à fé cigana e cumprimento de tradições. Toda a renda financeira conquistada é entregue aos maridos (devido à liderança e autoridade que o homem representa na família cigana).
Para quem acredita nos poderes premonitórios das ciganas, custa pouco parar e ouvir o que essas tradicionais mulheres têm a dizer. Afinal, após a rápida consulta convém dar algum “trocado” a elas. Se o pagamento não ocorrer, o cliente fica a mercê da famosa praga de cigana, cujos efeitos ficam por conta da imaginação do freguês. Há quem acredite que a maldição faça um ser humano se curvar completamente e ficar olhando eternamente para a ponta dos próprios pés.
Segundo o quirólogo Marcelo Meneses: “A cigana desenvolve mais a clarividência e a mediunidade do que a leitura das mãos. São as mulheres que fazem as leituras porque são elas que têm o sexto sentido, por gerar outro ser. Elas já têm o canal aberto para intuição. Em geral avaliam a linha da vida para ver obstáculos”.
A adivinhação é uma das atividades exclusivas das mulheres, sendo assim passada de mãe para filha. A tradição manda que as ciganas saiam sempre com outras mulheres de sua família. Esse é o trabalho mais rendoso, pois da revisão do destino nas mãos nascem os feitiços e magias para “melhorar a vida”.
A arte de ler as mãos tem origem misteriosa. Acredita-se que desde o início da Humanidade já se utilizava desta atividade para conhecer o futuro, com origem a cento e cinco mil anos atrás na índia. Porém, foi na Antiguidade que encontraram fortes evidências de sua existência, principalmente na China e Egito. Na Idade Média, a Quiromancia (do grego cheirós, que significa mãos e profecia), a adivinhação era vista como bruxaria.
Com o passar do tempo essa arte mística sofreu influência da astrologia. Mas foram pelos ciganos que ela se espalhou e se popularizou.
Quiromancia é a arte de ler as mãos, de adivinhar e interpretar sinais baseados nas linhas da palma da mão e no seu formato, tamanho e textura. Acredita-se que através dela é possível descobrir o passado, as tendências e as potencialidades das pessoas, além de prever problemas (para que estes possam ser evitados). As linhas das mãos mudam, sendo assim quem determinará as mudanças ou não é o próprio indivíduo.
As lendas dizem que o filósofo grego Aristóteles falava que a mão é o “principal órgão” do corpo, além de ter ensinado a Quiromancia para seu mais famoso pupilo, Alexandre o Grande.
A função da Quiromancia consiste em, apenas, mostrar o caminho do pensamento positivo, nunca dizer “faça isso ou aquilo”, para não interferir no livre arbítrio de cada um, proporcionando apenas o autoconhecimento da pessoa.


A leitura das mãos:

Linha da Vida:

Passa informações sobre nossa saúde e também sobre o modo como lutamos pelo sucesso.Normal: Quando seu traçado é bem definido e regular, caracteriza pessoa equilibrada e saudável.Interrompida: Quando há falhas no seu traçado, indica problemas de saúde ou mudanças radicais na vida.Em cadeia: Quando o traçado lembra os elos de uma corrente, indica grande inteligência e saúde frágil.Ramificada: Quando a linha é cortada por traços ascendentes, voltados na direção dos dedos, promessa de riqueza e felicidade. Quando os tracinhos são descendentes, voltados para o pulso, possibilidade de desgostos e sacrifícios.Dupla: Identifica pessoas com capacidade de se recuperar das doenças e de agir com segurança nas situações difíceis.

Linha da Cabeça:

Representa inteligência, criatividade e capacidade de concentração.
Longa: Quando se estende até o pulso, indica pessoa calma, inteligente e responsável.Curta: Quando não chega até o pulso é porque a pessoa é dispersiva e um pouco limitada intelectualmente.Em cadeia: Quando seu traçado lembra os elos de uma corrente, indica pessoa nervosa, que pode ter problemas de saúde derivados de pressão alta.Ramificada: Se ela é cortada por traços ascendentes que se voltam na direção dos dedos, indica bons pensamentos e capacidade de tomar decisões acertadas. Se os traços são descendentes, voltados para o pulso, indicam possibilidade de remorso por decisões tomadas sem reflexão.Chegando até o Monte da Lua: Define pessoas com tendência ao alcoolismo e outros vícios e a práticas esotéricas não recomendáveis, como a magia negra.

Linha do Coração:

Reflete as nossas tendências emocionais e afetivas.
Normal: Quando seu traçado é regular e bem definido, revela pessoa generosa, simpática, cordial e amorosa.Grossa: Pessoa ciumenta e aventureira. Quanto mais destacado for o seu traçado, maior o indício de que ela se deixa levar mais pela emoção do que pela razão.Fina: Identifica aquelas pessoas que, quando estão apaixonadas, se entregam totalmente, esquecendo até as regras morais.Em cadeia: Quando seu traçado lembra os elos de uma corrente, é sinal de vida amorosa complicada.Ramificada: Se essa linha é cortada por pequenos traços ascendentes, que sobem em direção aos dedos, é sinal de pessoa de temperamento alegre e sempre disposta a ajudar os outros. Os tracinhos descendentes, que seguem em direção ao pulso, são sinais de inimizades e obstáculos à realização amorosa.

Linha do Destino:

Refere-se à vida profissional as alegrias e dificuldades que poderemos encontrar no trabalho e nossas chances de sucesso social.
Linha dos filhos: Indica a capacidade que a pessoa tem de gerar filhos. Se for apenas uma linha, é porque, provavelmente, ela sé terá um filho. Se forem duas, é porque ela poderá ter dois filhos. Se forem três, três filhos, e assim por diante.Linha da intuição: Indica grande capacidade de perceber e seguir o que dita a intuição.Linha das viagens: Se o seu traçado for curto, é porque, possivelmente, a pessoa só fará uma viagem importante. Se for longa, indica a possibilidade de viagens constantes.Linha lasciva: Sinal de pessoa leal e sincera, desejosa de ajudar os mais necessitados.Normal: Quando ela tem traçado bem definido, promete uma vida profissional sem grandes problemas ou turbulências.Interrompida: Quando seu traçado não é contínuo, indica possibilidade de mudanças súbitas de profissão ou de situação financeira.Ramificada: Quando ela é cortada por traços ascendentes, que apontam na direção dos dedos, anuncia sucesso profissional. Quando esses traços são descendentes, apontando para o pulso, anunciam problemas no trabalho.Começando junto à Linha da Vida ou dentro do Monte de Vênus: Mostra interferência da família ou dos filhos nos rumos da vida profissional.Começando no Monte da Lua: Indica possibilidade de sucesso em atividades religiosas, políticas e artísticas e ainda chances de grande projeção social.

Linha Solar:

Pode não aparecer em todas as mãos, porque indica características muito especiais, relacionadas ao talento e qualidades artísticas.
Reta e bem definida: Indica que a pessoa terá sucesso no ramo artístico.Curta: Para que a pessoa tenha sucesso na área artística, terá de lutar muito. Possivelmente não receberá ajuda de ninguém e tudo o que conseguir virá pelo esforço próprio.Ramificada: Quando ela é cortada por traços ascendentes, que apontam na direção dos dedos, é sinal de grande sucesso artístico. Quando os traços são descendentes, apontando para o pulso, indicam sucesso apenas regular.Começando no Monte de Vênus: Indica que a pessoa já nasceu com talento para as artes ou que pode ser ajudada pela família nessa área.Começando acima da Linha da Cabeça: Indica que o sucesso nas atividades artísticas vai demorar a chegar.

Linha Mercuriana:

Também chamada de Linha da Intuição ou linha da inteligência, refere-se à inteligência, aos dons intuitivos ou à mediunidade. Pode também dar indicações sobre nossa saúde e vida social.
Longa: Prenúncio de vida saudável e dons para o comércio e para as atividades científicas.Curta: É um alerta para a necessidade de cuidar bem da saúde, porque o organismo apresenta alguns pontos fracos.Em cadeia: Quando seu traçado lembra os elos de uma corrente, sugere que a pessoa está sujeita a passar por problemas afetivos e deve, por isso, evitar situações de confronto e conflito.Seguindo até o Monte da Lua: Quem tem essa linha na palma da mão possui muita imaginação e talento para a poesia. Usa sua inspiração para se orientar nos negócios e quase nunca erra, o que lhe garante uma boa situação financeira.Seguindo até entre as Linhas do Coração e da Cabeça: Significa que a pessoa tem boa saúde, mas terá de superar muitos obstáculos na vida e trabalhar bastante se quiser progredir.

Os tipos de mãos:

Existem cinco tipos de mão que trazem as características básicas da personalidade de cada um:

Mão elementar: Apresenta dedos curtos e achatados e a palma tem um formato retangular. A pessoa com esse tipo de mão possui raciocínio aguçado, muita força de vontade e tem grande capacidade para liderar nas mais variadas situações. Gosta de praticar esportes e outras atividades físicas. No amor, entrega-se totalmente, mas exige a mesma dedicação do parceiro: lealdade e fidelidade.

Mão intuitiva: Formato delicado, dedos finos e longos, palma estreita. Este tipo de mão indica uma pessoa tímida e bastante idealista, que sonha com uma vida melhor e pode, às vezes, distanciar-se da realidade. Por isso, precisa de alguém ao seu lado para orientá-la. Sua forte sensibilidade pode ser útil em profissões ligadas às artes visuais, como arquitetura, fotografia e desenho.

Mão filosófica: Dedos longos, de juntas marcantes e irregulares, palma retangular e de ossos grandes. Esta mão revela uma pessoa sábia e que se interessa em conhecer a fundo os mais variados assuntos: religião, política, o sentido da vida. As questões do dia-a-dia não são bem vistas por essa pessoa e podem até irritá-la.

Mão cônica: Levemente arredondada, de dedos finos de pontas também arredondadas, esta mão demonstra uma pessoa muito hábil para as artes em geral, e também muito comunicativa. Costuma ser organizada, eficiente e disciplinada no trabalho, tendo facilidade de crescer profissionalmente. No amor, gosta de ter liberdade, mas também é muito sensível e romântica.

Mão quadrada: Possui a palma e as pontas dos dedos retangulares. É o tipo mais fácil de ser identificado, indicando que a pessoa é um tanto teimosa e não aceita opiniões alheias ou novidades facilmente. É muito trabalhadora e realista, não medindo esforços para chegar aonde quer. No amor, costuma ser leal, mas tem dificuldades de declarar o que sente.


Fontes:

http://br.geocities.com/umbandaracional/cigano1.html
http://www.salves.com.br/gyphist.htm
http://ibahia.globo.com/entrevistas/artigos/default.asp?modulo=1444&codigo=123933http://www.magiadourada.com.br/quiromancia.html

2 comentários:

Alvaro O disse...

Oi pessoal. Bem interessante o detalhamento dos métodos divinatórios e seus significados... mas será importante para entender a IDENTIDADE do grupo estudado?

lucio torres disse...

ai ai... Jesus na vida desse povo, isso sim!